<$BlogRSDUrl$>


Aula de yoga: esquemas de asanas (posturas) 

Eu também penso como o Marco... acho que é bom variar o mais possível na prática dos asanas para assim podermos trabalhar e tomar consciência de cada vez mais pontos do nosso corpo. A quebra da monotonia é também uma vantagem.
O problema é talvez o tempo. Os asanas são muitos e é difícil juntar tudo numa mesma sessão de prática. Para além disso, há posturas muito importantes e que devem estar sempre presentes, como por exemplo, o sarvangasana. São talvez estas posturas que deverão constituir o núcleo base de cada sessão e que vão fortalecer o corpo para permitir a execução de posturas fisicamente mais exigentes. Por outro lado, a insistência e rotina trazem também alguma disciplina que é essencial no yoga. As posturas mais exigentes , na minha opinião e pela necessidade que eu sinto na minha prática pessoal, devem ir sendo introduzidas nas sessões como complemento variável ao núcleo base das principais posturas de que já falei. Com isto, também quero dizer que não acho que seja desaconselhável para um principiante tentar fazer uma postura teoricamente mais difícil, desde que tenha a consciência dessa mesma dificuldade e respeite o seu corpo. A mistura de alunos mais experientes e principiantes numa mesma aula não é pois impossível, com alguma criatividade, até porque há pessoas que têm já uma predisposição e facilidade naturais.
A selecção dos asanas mais importantes pode variar um pouco com o nível médio dos alunos mas mais com o "estilo" de yoga em causa... Não me vou alongar mais até porque já estou a entrar noutro tema que por vezes até é polémico... ou melhor, a minha opinião sobre ele é que pode ser polémica. Pratico yoga há 2 anos. Comecei pelo Ashtanga mas desde há 6 meses que o ginásio onde estou mudou de professor. Este professor vem do Swasthya mas apesar disso fez uma coisa espectacular... aprendeu um pouco de Ashtanga e actualmente as aulas têm um pouco dos 2 estilos. Partilho totalmente desta forma de encarar o yoga... todos os estilos fazem parte dum todo e têm as suas vantagens próprias. Basta experimentar e descobrir.
Não percebo como por vezes se ouve dizer: "o yoga que eu pratico é melhor".
É um bom tema de discussão.
Pode ser que agora que este site já aparece nas pesquisas do GOOGLE, do SAPO, etc, este blog se alargue a mais pessoas.

Comentários:
(se não se quiser registar escolha o modo anónimo e pode assinar no próprio comentário)


olá a todos , eu gostava de me iniciar na prática do yoga , sou do norte e não tenho conhecimento de qualquer escola perto , zona de Fafe , se alguém tiver conhecimento de uma escola perto agrdecia , obrigado
 

Olá bem-vindo. Em Fafe não conheço mas em Guimarães há yoga.
Clique aqui para ver a nossa lista de escolas ou para publicar um pedido de informação
 

allô.alguem me pode indicar em lisboa, algum sitio para praticar asanas, e onde se viva realmente yoga?escolas pequenas,nao todas aquelas instituiçoes/assoçiacoes etc, mapeadas na net que,concerteza, devido ao bom trabalho,tem preocupaçoes acrescidas de tempo e dinheiro.(nada contra ou a favor,mas nao é o que procuro)obrigado.ze OM TAT SAT
 

Clique aqui para comentar






This page is powered by Blogger. Isn't yours?